Category: Mídias Sociais

As novidades do Facebook na F8.

Confira agora um overview das novidades do Facebook apresentadas na F8, a conferência anual da rede social.

 

Aconteceu, no começo de Maio, a F8, a conferência para desenvolvedores do Facebook em San Jose, na Califórnia. Nosso diretor/correspondente da Agência da Vila, João Caetano, que é convidado todo ano para ir nessa conferência, acompanhou de perto e trouxe todas as novidades do Facebook neste evento.

Agência da Vila marcando presença na F8!

Realidade Aumentada e Videochamadas em grupo.

As redes sociais pertencentes do Facebook ganharam novas funções e ferramentas, confira quais foram as novidades:

Para as plataformas Instagram e WhatsApp, uma das novidades foi a criação de videochamadas em grupos, com até quatro pessoas no bate-papo.

Já o Messenger ganhou um novo visual e vai oferecer traduções em tempo real, mas por enquanto só tem tradução em inglês e espanhol.

Videochat em grupo no Instagram.

Mas a principal novidade foi a chegada da realidade aumentada para Messenger e Instagram, que permitirá uma interatividade inédita, onde você poderá criar filtros próprios e interativos, oferecendo algo novo e exclusivo aos seus seguidores nos stories.

 

Ainda falando de redes sociais, foi desenvolvida uma integração de terceiros com as stories do Facebook, Instagram e WhatsApp. Foi dado, como exemplo, uma interação com a marca Spotify: ao invés de tirar screenshot da música que você está ouvindo nessa plataforma e depois postá-la, haverá uma função que permitirá que você compartilhe a música que está ouvindo no aplicativo direto no seu stories.

Quem for ver seu stories e se interessar pela música poderá clicar em um link que te leva direto para o Spotify.

Atalho do Spotify no Stories do Instagram.

 

3D no seu celular.

O Facebook acredita que existe um futuro na área de realidade aumentada, por isso ele revelou na convenção a aplicação de elementos 3D na câmera do seu celular. Você poderá realocar coisas na sala da sua casa, ou seja, você terá uma prévia de como determinado produto ficará na sua casa ou no seu escritório antes de comprá-lo de fato. Você fará uma experimentação do produto através do celular.

Além disso, foi lançado também foi um feature que permite a publicação de um arquivo de extensão 3D na sua linha do tempo. Seu post passa a ser mais interativo, já que você poderá rotacionar a imagem com a mesma mecânica dos vídeos 360º e ver todos os detalhes dessa imagem.

 

Apostas do Facebook.

Durante a convenção, foi lançado o Oculus Go: o óculos de realidade virtual da plataforma. Ele é um stand alone, ou seja, ele funciona sozinho e não precisa de outros adereços, fazendo sua imersão de forma mais prática e rápida.
O Facebook busca tornar a tecnologia do VR acessível para todos, por isso o novo modelo deles será vendido por 200 dólares, o que equivale ao preço de um celular nos Estados Unidos. Veja agora um trecho da palestra do Diretor Técnico do Facebook, Mike Schroepfer falando sobre a tecnologia da realidade virtual e do futuro desse novo feature:


Se quiser saber mais sobre o assunto, confira essa palestra do primeiro dia que explica mais features dessa novidade do Facebook:
https://developers.facebook.com/videos/f8-2018/the-future-of-immersive-video-capture-red-and-facebook-360/

Outra novidade do Facebook revelada no evento foi o lançamento do Dating, um feature que baterá de frente com  os aplicativos de encontros como Tinder e Happn. Ele funciona assim: você habilita o seu perfil a participar do Dating, sendo que essa ação só é visível para quem também usa o Dating, respeitando a privacidade das pessoas.

Palestra com Mark Zuckerberg sobre o Dating.

Combate às Fake News

Para lutar contra os famigerados Fake News, será feita uma checagem de segurança e confiabilidade da informação. A fonte de notícia aparecerá no próprio post do Facebook e uma IA será usada para fazer cross reference para ver se a notícia postada é falsa ou verdadeira, baseado em outras fontes de notícia confiáveis. Será colocado um selo com a data do post e falando que é uma notícia válida e trará informação externa, para mostrar que aquela informação tem uma base verdadeira.

 

No post anterior, vimos um tutorial de carregamento de listas para integrar Email e Social. Já é um começo. Mas, as próximas dicas vão te ajudar a dar um upgrade no nível do seu projeto, permitindo com que você tenha ferramentas para mensurar os resultados de suas campanhas nas redes sociais e direcionar o foco naquilo que funciona.

O email marketing tem recebido muita atenção dos desenvolvedores por conta dos resultados positivos atingidos, pois se trata de uma forma de estreitar o relacionamento com os clientes, enquanto as redes sociais dão aquela impulsionada básica no conteúdo. Em outras palavras, os dois se complementam tão bem como feijão com arroz, macarrão com molho e almôndegas, goiabada com…. deu pra entender, né? Enfim, por conta desses clichês todos, é aconselhável que você fique “ninja” nesse quesito o mais rápido possível. Então, se ligue na segunda dica PHODA de como integrar email marketing e mídias sociais:

 

Dica 2 Integrando Email Marketing e Social Media

Redirecione os cliques que vêm de seus emails para o facebook e twitter.

 

Esse é um ótimo truque e pouquíssimas pessoas têm a manha de fazer: combinar a intenção e o interesse com anúncios direcionados. Para fazer isso, é preciso instalar um tracking code em seu site. Isso habilita sua plataforma de anúncios para identificar os cookies dos visitantes, fazendo com que você mostre seus anúncios em outras plataformas (como facebook).  

 

Funciona assim: se você criar uma campanha de email marketing direcionada a seus contatos, conseguirá redirecionar apenas àqueles que clicaram para facebook e twitter. Isso é importante porque as redes sociais são perfeitas para veicular anúncios devido à sua acessibilidade e ao tráfego intenso.

Veja quem se envolve com seu página no Facebook.

Como redirecionar email de assinantes para o facebook?

 

Existem algumas ferramentas de remarketing (ou retargetting) para o facebook, mas resumidamente para começar você terá que criar uma conta, instalar um código de traqueamento em seu site, gerenciar a lista de retarget e disparar as campanhas integrando as tags de rastreamento.

AdRoll: uma das ferramentas mais conhecidas do mercado de retargeting.

Como “Retarguear” contatos de email no Twitter

 

Em ads.twitter.com, crie uma nova campanha. Procure pela aba “adicionar audiência adaptada”. Você poderá criar sua audiência carregando sua lista de email ou monitorando o comportamento dela com um tracking code.

Twitter Ads

Esse é o primeiro post de uma sequência de publicações sobre como integrar social media e e-mail marketing. Uma área que ouvimos falar muito pouco nas conversas de performance e resultados digitais, mas que são um passo importante para trazer mais retorno os resultados utilizando 2 canais de “próprios” de mídia.

Pouquíssimas pessoas, atualmente, tomam decisões de compra baseadas em apenas um meio, seja pesquisa na internet, comentários nas redes, etc. A marca que focar em um único canal deixará de vender por não estar presente no processo de compra do cliente.

Com isso, surgem questões oportunas, como:

“Como se manter no topo em canais tão diferentes como email e mídias sociais? E como fazer isso com o máximo de eficiência?”

Para responder isso, juntamos a nossa equipe e selecionamos algumas dicas matadoras que vão te colocar no caminho certo.

Dica 1 integrar social media e e-mail marketing:

Faça upload de sua lista de contatos (assinantes) no máximo de redes sociais (Twitter, LinkedIn, Google Plus, Facebook) que puder.

 

É bem simples essa dica, mas você faz isso? Você já viu algo mais detalhado sobre o assunto? Então, se vamos falar de performance e resultados, precisamos validar o passo a passo.

Twitter

Você pode vincular sua conta do Twitter com sua conta do Gmail ou Outlook para mapear seus contatos.

Depois entre no Twitter, a esquerda da barra lateral você encontrará um link chamado “Encontre Pessoas que Você Conhece”. Aqui, você pode conectar sua conta de email pessoal ou profissional.

 

Importar contatos Twitter

Importar contatos Twitter

O Twitter vai bater seus contatos com sua base de dados. Comece a seguir àqueles que aparecerem.

Matchs ao importar contatos twitterMatchs ao importar contatos twitter

Já para carregar um arquivo CSV de seus contatos direto do email o processo é bem diferente. Primeiro, exporte um CSV de seu provedor. Em seguida, entre em ads.twitter.com e clique em ferramentas>monitorar audiência. Crie uma lista de assinantes, primeiramente nomeando a audiência e, em seguida, escolhendo a data que a lista foi carregada.

 

A seguir, carregue sua lista – levará algumas horas pata o Twitter processar a lista. Uma vez concluído, poderá usar os anúncios do Twitter para linkar à lista. Esse é um ótimo meio de promover ofertas, novas publicidades e downloads (ebooks, por exemplo) e pode até ser usado para re-segmentação (falaremos mais sobre isso).

 

Carregando lista de assinantes no LinkedIn

 

O LinkedIn permite com que você procure seus contatos via email ou carregue uma lista.  Na homepage do site, vá até “conexões>adicionar conexões”. A seguir, clique em “qualquer email” e carregue sua lista.

Importar contatos no Linkedin - Redes e formatos

Importar contatos no Linkedin – Redes e formatos

O LinkedIn irá carregar os contatos e mostrar uma lista dos que possuem perfis no site. Você pode se conectar a eles de uma vez ou escolher os que gostaria de adicionar um a um. Uma vez conectado, poderá convidar suas conexões para participar de grupos ou para seguir sua empresa na rede.

 

Carregando listas no Facebook

 

É possível carregar suas listas de contatos para seu perfil pessoal no Facebook, mas não é algo recomendável. Contudo, você pode criar uma audiência personalizada e veicular anúncios direcionados, usando-os para conseguir mais “likes” em seu perfil ou utilizá-los em campanhas.

 

Para começar, navegue até “Gerenciar Anúncios” e procure por “Audiência”.

No lado direito da página, clique no botão verde “Criar Audiência”. A seguir, escolha “Lista de Clientes”. Você precisa escolher como deseja adicionar seus contatos. Carregar um arquivo CSV irá funcionar independentemente de qual provedor de e-mail você usa. A partir daí, o Facebook irá lhe pedir para criar um anúncio.

 

Com esse post, cobrimos um dos primeiros passos para uma tática integrada de Mídias Sociais e eMail Marketing, a importação de contatos para que os seus perfis tenham acesso às pessoas que você já tem um nível de contato. Como dito, essa é uma etapa bem conhecida, mas por não serem gestores da mesma área, normalmente nem essa etapa acabam fazendo direito.

Ainda teremos mais 2 posts, com outros 5 dicas sobre integrar social media e e-mail marketing. Se você estiver interessado, fique atendo. Teremos novidades na semana que vem.

O Facebook virou uma ferramenta importante pra os negócios, principalmente porque mais de 40% da população brasileira tem acesso à rede social atualmente. Mas como essa ferramenta pode beneficiar sua loja? Aqui, na Agência da Vila, desenvolvemos uma metodologia para estruturar conteúdo baseados em 5 principais origens: Marketing, Histórias de Clientes, SAC 3.0, Curadoria de Conteúdo e Conteúdo de Tempo Real.

Marketing

Normalmente quase todas as páginas são baseadas nessa estrutura de conteúdo. Aqui entra a comunicação da sua marca e seus eventos. Você precisa saber qual é o seu público-alvo e criar personas para que seus conteúdos sejam atingidos em cheio nos gostos dos seus clientes. A produção de posts com textos mais curtos e com imagens ou vídeos chamam muito mais a atenção dos usuários, gerando em torno de 39% de interação como likes, reações, compartilhamentos e comentários.

Histórias de Clientes

Sabe aquela história sobre o boca a boca? No meio digital, ela se repete. Uma pesquisa sobre confiança do consumidor da Nilsen indica que 92% dos entrevistados confiam em recomendações de amigos e familiares e 87% deles consideram as opiniões de outros consumidores como a fonte mais confiável. Portanto, uma parte importante da sua estratégia deve ser “dar voz” para os seus clientes, pois uma comunicação que tenha a opinião de usuários pode ser mais forte para comunicar a mensagem do que uma criada pelo marketing. Estimule o seu cliente a dar o depoimento dele, por exemplo: Caso ele comente que vai fazer aquela receita que você publicou, responda pedindo para enviar foto e posteriormente crie um novo post com essa oportunidade, mas sempre peça a devida autorização da pessoa para a publicação de fotos.

Concursos e sorteios também são ótimas ferramentas para extrair bons comentários e audiência.  Só não se esqueça de estar atento à legislação e saber exatamente o que você pode e não pode fazer.

Peça sempre para o cliente que efetivou a compra, para deixar uma review no seu site, já que 75% dos clientes classificam como “muito importante” os comentários deixados por outros consumidores antes de realizar a compra, de acordo com uma pesquisa realizada pela Yourview.

Curadoria de Conteúdo

Assim como as histórias dos seus clientes são importantes, encontrar e estimular conteúdos gerados por influenciadores é um dos pilares importantes, seja um blogueiro, youtuber, professor ou profissional experiente. Nem sempre o número de fãs é o mais importante, porque aqui estamos falando de conteúdo publicado pela sua página, então busque boas oportunidades de aproveitar do poder de outras pessoas que têm alguma influência no assunto que você queira falar.

Conteúdo de Tempo Real

Dentro dessa área, separamos o conteúdo em dois nichos: “Interno” e “Externo”.

O “externo” é aquele que estamos mais acostumados: os memes, não só aqueles engraçados, mas também aquele que remete ao grande assunto que está rolando no momento. O importante aqui é contexto: falar tanto em conteúdo quanto no formato que a sua audiência está acostumada. Timing é algo que você precisa ficar atento, pois nada é mais chato que ser o último a rir da piada.

O “Interno” é analisar a aceitação de conteúdo  dentro da sua página. Você sempre publicou sobre bacon, mas nos últimos posts os likes diminuíram e as pessoas começaram a pedir mais conteúdos sobre alimentação saudável. Fique atento aos números e ao conteúdo (quantitativo e qualitativo), pois eles podem indicar tendências dos seus fãs sobre o que eles querem e não querem, sendo importantes para posts futuros, evitando quebrar a cabeça com assuntos que anteriormente você acreditava ser importantes, mas que, na verdade, não se sairiam tão bem.

SAC 3.0

O atendimento ao cliente mudou com o SAC 2.0 e está atualizado para a terceira versão: mais personalizada. Quanto mais o cliente perceber que por trás da sua empresa há pessoas, mais próximo ele ficará da sua marca. Nada melhor do que você responder dúvidas com uma conversa mais intimista com o cliente e fazê-lo se sentir importante. Então esqueça as respostas automáticas e aposte em respostas personalizadas, de acordo com o perfil do cliente que entrar em contato.

O conteúdo pode e deve ser um grande aliado para novos clientes e clientes em potencial para seu negócio. Entender cada um deles e sempre evoluir na linha do que eles necessitam é essencial. Personalizar seu negócio através de conteúdos para cada persona e fazer cada cliente se sentir especial é o caminho para o sucesso via digital

A troca de mensagens é a base do celular atualmente. Partindo dessa afirmação, o Facebook está apostando nos anúncios dentro das conversas do seu APP, o Messenger.

A empresa decidiu fazer esses testes dentro do “inbox” após resultados promissores na Austrália e Tailândia, mas calma: o conteúdo do anúncio não será relacionado à sua conversação, mas ao que você pesquisa e tem vontade de comprar! E mais: todos os ads serão selecionados a partir do tamanho da tela do seu celular do usuário e até da resolução do aparelho.

Fonte: techcrunch.com

A partir do próximo mês, o Facebook vai expandir essa novidade gradativamente para todos os países. Os usuários terão a oportunidade de comprar os produtos anunciados através do Messenger, se aproximando do Facebook Ads e também do Instagram, que já usam o poder dos anúncios nas suas plataformas.

O anúncio será mostrado já com um “call to action” para o usuário clicar e e entrar na página do produto para poder comprar, realizando o pagamento sem sair do aplicativo, o que deixa o processo de compra muito mais ágil.

Se o Facebook usar essa nova ferramenta com moderação, poderá ser muito benéfica ao usuário. Caso o aplicativo persista em muitos anúncios, a experiência do Messenger pode causar estranheza ao cliente e levar à fuga. E aí, qual vai ser a sua aposta sobre essa novidade?

 

 

O título caçador de cliques “o fim das mídias sociais” chegou a ser usado até por alguns figurões da publicidade. Pronto, precisamos falar sobre isso.

Meu amigo, o “viral” não morreu.

É só você que não consegue mais vender os números de métricas que inventou e chamava de indicador importante.

Nunca se compartilhou tanta informação. Só na rede do Facebook são mais de 45 bilhões de mensagens por dia. A única grande diferença da “era de ouro das mídias sociais gratuitas” é que agora os dados não são mais compartilhados com você.

Já estamos há alguns anos falando da migração dos jovens das Grandes Comunidades públicas (Facebook) para os aplicativos de mensagem direta como Whatsapp, Snapchat e outros. Um movimento tão obvio que foi um dos grandes discursos do próprio Facebook na última conferência de desenvolvimento: Em vez de se tornar um grande site/aplicativo agregador de funções, o grupo será uma rede de diversos APPs e serviços (só na Play Store o Facebook tem mais de 15 (a diferença entre escrever o post e publicá-lo) apps publicados pelo mesmo autor, isso sem contar o Instagran, Whatsapp e todos os outros que eles adquiriram nos últimos anos e que estão na loja por outro publicador).

2015 é o ano que o faturamento das operadoras de Telecom passa a ter como maior fonte de receita a área de dados (internet mobile) ao invés de voz (ligações telefônicas). Esse dado é um alerta tão fantástico que vale à pena repetir. As empresas de telefone ganham dinheiro com internet (Toma essa, caras chatos que sempre falam que celular é para falar ao telefone e não para usar a internet! – Sim, eles ainda existem e ainda usam o mesmo discurso). Isso fica muito obvio quando você anda de transporte público ou vai a algum lugar muito cheio, como shoppings, logo nota que o Whatsapp não tem preconceito – não vê cor, idade ou classe social -, os alertas pipocam de bolso em bolso e as mensagens de voz do “zap” são as novas irritantes mensagens de rádio da Nextel.

A grande questão é que o wow (o boca a boca) hoje não é controlado e mensurado como podíamos fazer com as redes sociais há alguns anos quando o Facebook, além de entregar os seus posts para uma boa parte dos seus fãs, te dava acesso via API para coletar dados.

Agora evoluímos em conectividade social, mas voltamos a não conseguir dimensionar o resultado de uma fofoca. Portanto, mais do que nunca, as ações precisam aumentar as vendas no final do mês, porque não da mais para os publicitários (figurões ou meros analistas de mídias sociais) venderem impressões, audiência impactada ou número bruto de fãs em uma página.

Mas você concorda ou discorda – O que acha sobre esse assunto? Porque depois de falado isso, precisaremos falar sobre investimento de mídia e essa será uma conversa bem mais séria, juro.